CONTEÚDO POGRAMÁTICO

 Venerável Ordem Terceira do Carmo de Sergipe


Comissário Provincial para a OTCSE - Frei Cidmário

Ficha de Atendimento aos Noviços, em preparação para a Primeira Profissão.

Questionário:
I. Apresentação: Sua Identidade Religiosa e Social?
II. Motivação primeira para pertencer a OSC?
III. Objetivo Geral ou Especifico da sua Consagração na OTC?
IV. Elementos fortes da Espiritualidade Carmelitana que você se identifica?
V. Qual, ou quais os sentimentos de pertença a esta Família Carmelitana?
VI. Motivação para a sua adesão a esta Ordem do Carmelita?
VII. Apresentar por escrito a carta do Administrador paroquial de sua Paróquia.
VIII. Apresentar por escrito a sua carta de pedido para a profissão religiosa a esta família do Carmelo.



ORDEM TERCEIRA DO CARMO DE SERGIPE

Ficha Prontuário Nº__________________

Nome:______________________________________________________ Sexo:____________

Filiação:______________________________________________________________________

              ______________________________________________________________________

Data de Nascimento:___/___/______    Natural:____________________________ UF:_______

Nacionalidade:__________________________________ Profissão:______________________

Estado civil:___________________ CPF:___________________ CI:______________________

Cônjuge:______________________________________________________________________

Endereço Residencial:__________________________________________________ Nº_______

Bairro:____________________________ CEP_______ - _____ Cidade:____________ UF:____

Grau de Instrução:_______________________________________________________________

Paróquia:______________________________________________________________________

Nome do Clárigo que o apresentou:_________________________________________________

Admissão no Postulantado em _____/___/______

Admissão no Noviciado em ____/___/______

Profissão Temporária em ____/___/______

Profissão Pérpetua em ____/___/_____

Nome do Diretor Espiritual:_______________________________________________________

Diretor Espiritual da Ordem que autorizou a admissão:__________________________________

Declaro que as informações constantes foram por mim prestadas e são verdadeiras.


________________________________ Anotações gerais_______________________________


‘Se derramando o meu sangue estais dispostos a abandonar a luta, estou disposto a morrer pelo amor da paz”. 
Beato João Soreth

PROGRAMAÇÃO
Calendário das Etapas de Formação
1. Terceiro sábado do mês: Formação de postulantes, noviços e professos.

Uso do hábito:
Quando:
1. Domingos, Festas e Solenidades da Igreja e da Ordem.
2. Nas missas da OTC (Aracaju, São Cristóvão e Carmópolis)
3. Novena do Carmo.
4. Em outras ocasiões ou paróquias diferentes da do irmão terceiro, só com autorizção do diretor espiritual ou delegado.

Como:
1. Usar o habito completo: túnica, cinto, escapulário, capa e véu (mulheres).
2. Nos demais atos litúrgicos, é facultativo o uso da farda e escapulário.

Frequência na formação:
1. Será obrigatória a presença no processo de formação.
2. O irmão só terá direito a 25% das faltas (3 faltas anuais).

Temas de Formação

I. Aspirantes:
1. Apresentação do programa de formação.
2. Vocação Humana
3. Vocação Cristã
4. Vocação Carmelita.
5. Oração, fraternidade e missão.
6. Espiritualidade do Escapulário 
 
II. Postulantes:
1. Apresentação do Programa de Formação.
2. Os Sacramentos 
3. Os Mandamentos
4. A Regra de Santo Alberto

III. Noviços
1. Apresentação do Programa de Formação.
2. O Monte Carmelo e a mística dos primeiros carmelitas.
3. Regra da OTCarm
4. A oração da Igreja e do Carmelo.
5. SOS carmelita (silêncio, oração e solidão)
6. Liturgia das Horas e Lectio Divina.
7. Mari, Elias e Eliseu. 
IV. Professos Simples


1º ano 
1. Apresentação do Programa de Formação
2. História da Ordem até o séc XV
3. Espiritualidade dos santos carmelitas deste período.

2º ano
1. Apresentação do Programa de Formação
2.História da Ordem do séc XVI ao sé XXI
3. Espiritualidade dos santos deste período.

3º ano
1. Apresentação do Programa de Formação
2. Espiritualidade carmelita e a Bíblia.
3. Documentos importantes da Ordem.
4. O leigo carmelita hoje.

4º ano
1. Os Conselhos Evangélicos
2. Regra da OTCarm (2ª parte)
3. A Missão
 
Pontos a serem observado pelo Sodalício:

I. A Dimensão da Fé - A Vida de Oração. (as Orações Comum dos Cristãos, Eucaristia Diária, a Liturgia das Horas, Lectio Divina Comunitária individual...)
II. A Dimensão da Espiritualidade - A busca constante do Beber na Fonte (Leitura de livros de nossa Espiritualidade, a Vida dos Santos, Leitura Orante da Palavra de Deus, a Historia da Ordem, a Regra da OSC...)
III. A Dimensão da Fraternidade - A convivência Comunitária com os irmãos de Ordem e os irmãos e irmãs: o Ser Carmelita

Diretrizes e Normas a serem observadas por todos os membros da OCS:

1. Direção Espiritual Semestral
2. Recitação da Liturgia das Horas
3. Confissão Regular (pelo menos uma vez por ano)
4. Participação ativa nas Pastorais e Movimentos das suas respectivas Paróquias
5. Participação nas Missas de sábado para a oração do Oficio de Nossa Senhora do Carmo (estarão dispensados de participarem os que apresentarem uma justa motivação)
6. Participação de Hábito ou com a sua Identificação própria de cada Etapa de Formação nas Missas Dominicais, nas Missas de Sábado pela manha, do Ofício de Nossa Senhora do Carmo e nas procissões das Festas do santos Carmelitas e dos padroeiros (as) da sua paróquia de referencia
7. Devoção ao Senhor dos Passos, Patrono da OTC de Sergipe.
8. Devoção a Nossa Senhora do Carmo.
9. Devoção a São José, Patrono da Igreja Universal
10. Devoção aos Santos (as), Beatos (as) Carmelitas, em Particular ao Beato João Soreth, Fundador da Segunda Ordem e da Terceira Ordem.

“Que cada uma que vier faça de conta que nela recomeça a Regra primitiva da ordem da Virgem Nossa senhora, não consentindo de modo algum que haja relaxamento, seja no que for.” 
Santa Teresa de Ávila, fundações 27,11

“Em tempos de tristeza e de inquietação, não abandones nem as boas obras de oração, nem a penitência a que estás habituada. Antes, intensifica-as. E verás com que prontidão o Senhor te sustentará” 
Sta. Teresa de Ávila

”A Virgem que guardava no seu coração cada palavra que Deus lhe dirigia, é o modelo das almas atentas nas quais é revivida a oração de Jesus Sumo Sacerdote”. 
Sta. Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein)

“O afeto e o apego da alma à criatura torna-a semelhante a esta mesma criatura. Quanto maior a afeição, maior a identidade e semelhança, porque é próprio do amor tornar aquele que ama semelhante ao amado”. 
S. João da cruz

“A pessoa que está presa por algum afeto a alguma coisa, mesmo pequena, não alcançará a união com Deus, mesmo que tenha muitas virtudes. Pouco importa se o passarinho esta com um fio grosso ou fino… ficará sempre preso e não poderá voar.” S. João da Cruz

Recomendamos e pedimos para cada membro do Sodalício nas suas respectivas Etapas de Formação: Aspirantado, Postulantado, Noviços e Professos Simples adquirir os seguintes livros:

A. As Sagradas Escrituras
B. A Liturgia das Horas (volume único)
C. Catecismo da Igreja Católica
D. Livros de Espiritualidade

“Jesus flagelado, ferido e humilhado de braços abertos na Cruz como se estivesse abandonado seu coração estigmatizado a derramar seu sangue em favor do homem. Um novo kerigma vem para nos encher do Espírito Santo! “Onde está a Igreja, aí está o Espírito de Deus. Na medida em que alguém ama a Igreja é que possui o Espírito Santo. Fazei-vos Corpo de Cristo se quereis viver do Espírito de Cristo. Somente o Corpo de Cristo vive do seu Espírito”. (Sto. Agostinho).

“Reunião da Mesa” - Pauta:

a. Advertências:

1. Todo “o Governo do Sodalício” funciona a titulo de Vivência e não como oficialização das funções como reza Estatutos Religiosos da Ordem Secular Carmelita da Província. Portando com exceção do diretor espiritual as outras funções não estão oficialidade, isso acontecerá na aprovação do próprio sodalício.

2. Todas as funções e responsabilidades acontecem como vivencia dos Ofícios e não como nomeação oficial do sodalício, esse processo acontecerá quando o sodalício for devidamente aprovado.

3. Com a aprovação de fato e de direito por parte da Ordem Carmelita da Antiga Observância, ao Sodalício de Sergipe, como Ordem Terceira carmelita, faremos a eleição dos oficiais; e a nomeação das Funções e Responsabilidades dos Sodalícios.

b. Estudo dos Estatutos Religiosos da Ordem Secular Carmelita da Província Carmelitana Pernambucana.

Capitulo III - Estrutura dos Sodalícios - Do governo dos Sodalícios

Das Funções e suas responsabilidades: Prior (a); Secretario (a); Tesoureiro (a) *Mestre (a) de Formação: Mestre de Aspirantado; Mestre de Postulantado; Mestre de Noviciado; *Mestre de Formação Permanente.

Observações: Com a Profissão dessa nova turma de Noviços podemos pensar na vivencia dos Conselheiros; na “nomeação” de mestres de aspirantado, de postulantado, mestre de noviços.

Virgem do Carmo, Vinha florida, Esplendor do Céu, Virgem Mãe incomparável, Doce Mãe, mas sempre Virgem, sede propícia, aos Carmelitas, Ó Estrela do mar!

Frei Cidmário, Ocarm
Comissário para a OTC de Sergipe