sexta-feira, 11 de outubro de 2019

MEDITAÇÃO DA COROA CARMELITA


A COROA DE SEIS DEZENAS DO HÁBITO CARMELITA

Santa Teresa de Jesus, nas muitas de suas viagens pelo território espanhol para estabelecer seus conventos reformados, hospedou-se, várias vezes, em conventos de monjas Brigidinas (de Santa Brígida) que tinham o costume de rezar um rosário composto por seis dezenas.  A Santa, influenciada por estas religiosas, passou também e rezá-lo, razão pela qual, no habito dos irmãos do Ramo Descalço, passou-se a usar a “Coroa” que ficou conhecida como “Coroa Carmelita”.  Atualmente os frades da Antiga Observância não a usam mais, porém alguns matem o costume de rezá-la.
A Regra Carmelitana termina com este belíssimo número que diz: “Estas poucas indicações as escrevemos brevemente, com o fim de estabelecer para vós a fórmula de vida, segundo a qual regulareis a vossa conduta. Se alguém estiver disposto a fazer mais, o senhor mesmo, quando voltar, o recompensará. Aja-se, contudo, com discrição, que é a moderadora das virtudes”. “SE ALGUÉM ESTIVER DISPOSTO A FAZER MAIS...” Esta chamada à generosidade inspirou na Ordem uma disposição à generosidade em muitos modos. Não poderia ter também inspirado os frades a acrescentarem mais uma dezena no Rosário comum?

MISTÉRIOS GOZOSOS

1º Mistério: A IMACULADA CONCEIÇÃO

Depois de Adão ter comido da árvore, disse o Senhor Deus à serpente: «Estabelecerei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a descendência dela. Esta te esmagará a cabeça e tu a atingirás no calcanhar». O homem deu à mulher o nome de ‘Eva’, porque ela foi a mãe de todos os viventes

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
2º Mistério: A ANUNCIAÇÃO DO ANJO A MARIA

Disse o anjo a Maria: «Hás de conceber no teu seio e dar à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. Será grande e vai chamar-se Filho do Altíssimo. O Senhor Deus vai dar-lhe o trono de seu pai David, reinará eternamente sobre a casa de Jacó e o seu reinado não terá fim.» Maria disse, então: «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra.»

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
3º Mistério: A VISITAÇÃO DE MARIA A ISABEL

Maria entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou-lhe de alegria no seio e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Então, erguendo a voz, exclamou: «Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Feliz de ti que acreditaste, porque se vai cumprir tudo o que te foi dito da parte do Senhor.»

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo

4º Mistério: O NASCIMENTO DE JESUS EM BELÉM.

José, deixando a cidade de Nazaré, na Galileia, subiu até à Judeia, à cidade de David, chamada Belém... a fim de se recensear com Maria, sua esposa, que se encontrava grávida.   E, quando eles ali se encontravam, completaram-se os dias de ela dar à luz e teve o seu filho primogênito, que envolveu em panos e recostou numa manjedoura, por não haver lugar para eles na hospedaria.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
5º Mistério: A APRESENTAÇÃO DE JESUS NO TEMPLO.

Quando se cumpriu o tempo da purificação, segundo a Lei de Moisés, levaram o Menino a Jerusalém para o apresentarem ao Senhor. Simeão tomou-o nos braços e bendisse a Deus, dizendo: «Agora, Senhor, segundo a tua palavra, deixarás ir em paz o teu servo, porque meus olhos viram a Salvação que ofereceste a todos os povos, Luz para se revelar às nações e glória de Israel, teu povo.»

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
6º Mistério: A PERDA E O ENCONTRO DE JESUS NO TEMPLO

Três dias depois, encontraram-no no templo, sentado entre os doutores, a ouvi-los e a fazer-lhes perguntas. Ao vê-lo, sua mãe disse-lhe: «Filho, porque nos fizeste isto? Olha que teu pai e eu andávamos aflitos à tua procura!» Ele respondeu-lhes: «Porque me procuráveis? Não sabíeis que devia estar em casa de meu Pai?»

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
MISTÉRIOS LUMINOSOS

1º Mistério: O BATISMO DE JESUS NO RIO JORDÃO

Todo o povo tinha sido batizado; tendo Jesus sido batizado também, e estando em oração, o Céu rasgou-se e o Espírito Santo desceu sobre Ele, como uma pomba. E do Céu veio uma voz: “Tu és o meu Filho muito amado; em ti pus todo o meu agrado”.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
2º Mistério: A REVELAÇÃO DE JESUS NAS BODAS DE CANÁ

No terceiro dia, celebrava-se uma boda em Caná da Galileia e a Mãe de Jesus estava lá. Jesus e os seus discípulos também foram convidados para a boda. Disse a Mãe aos serventes: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Em Caná da Galileia, Jesus realizou o primeiro dos seus sinais, com o qual manifestou a sua glória, e os discípulos creram nele”.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
3º Mistério: O ANÚNCIO DO REINO DE DEUS NAS PALAVRAS E OBRAS DE JESUS

Jesus proclamava o Evangelho de Deus, dizendo: “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo: arrependei-vos e acreditai no Evangelho”. Passando ao longo do mar da Galileia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. E disse-lhes Jesus: “Vinde comigo e farei de vós pescadores de homens”. 

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo

4º Mistério: MARIA INDICADA COMO MODELO DO DISCÍPULO.

Uma mulher da multidão exclamou: "Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou”. Ele respondeu: "Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática".

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
5º Mistério: A TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR

Levando consigo Pedro, João e Tiago, Jesus subiu ao monte para orar. Enquanto orava, o aspeto do seu rosto modificou-se, e as suas vestes tornaram-se de uma brancura fulgurante. E dois homens conversavam com Ele: Moisés e Elias. E da nuvem veio uma voz que disse: “Este é o meu Filho predileto, escutai-O”.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
6º Mistério: A instituição da Eucaristia.


Quando chegou a hora, Jesus pôs-se à mesa e os Apóstolos com Ele. Tomou, então, o pão e, depois de dar graças, partiu-o e distribuiu-o por eles, dizendo: “Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós; fazei isto em minha memória”. Depois da ceia, fez o mesmo com o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova Aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós”.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo

MISTÉRIOS DOLOROSOS

1º Mistério: A AGONIA DE JESUS NO JARDIM DAS OLIVEIRAS

Jesus dirigiu-se para o monte das Oliveiras, seguido dos seus discípulos.   Ao chegar àquele lugar, disse-lhes: Orai para que não caiais em tentação. Depois afastou-se deles e, ajoelhando-se, orava: Pai, se é de teu agrado, afasta de mim este cálice! Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a tua.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T –Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
2º Mistério: A FLAGELAÇÃO

Pilatos, vendo que nada conseguia e que o tumulto aumentava cada vez mais, mandou vir água e lavou as mãos na presença da multidão, dizendo: “Estou inocente deste sangue. Isso é convosco”. E todo o povo respondeu: “Que o seu sangue caia sobre nós e sobre os nossos filhos!” Então, soltou-lhes Barrabás. Quanto a Jesus, depois de O mandar flagelar, entregou-O para ser crucificado.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
3º Mistério: A COROAÇÃO DE ESPINHOS

Os soldados do governador conduziram Jesus para o pretório e rodearam-no com todo o pelotão.  Trançaram uma coroa de espinhos, meteram-lha na cabeça e puseram-lhe na mão uma vara. Dobrando os joelhos diante dele, diziam com escárnio: Salve rei dos judeus! Cuspiam-lhe no rosto e, tomando da vara, davam-lhe golpes na cabeça.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
4º Mistério:JESUS CARREGA A CRUZ PARA O CALVÁRIO

Jesus, levando a cruz às costas, saiu para o chamado “Lugar da Caveira”, que em hebraico se diz “Gólgota”. Quando O iam conduzindo, lançaram mão de certo Simão de Cirene, que voltava do campo, e carregaram-no com a cruz, para a levar atrás de Jesus.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
5º Mistério: MARIA NOS É DADA POR MÃE

Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua Mãe, a irmã de sua Mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. Quando Jesus viu sua Mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua Mãe: Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua Mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
6º Mistério:  JESUS MORRE NA CRUZ

Chegados ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, como também os ladrões, um à direita e outro à esquerda. E Jesus dizia: “Pai perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem”. ... Era quase à hora sexta e em toda a terra houve trevas até a hora nona.  Escureceu-se o sol e o véu do templo rasgou-se pelo meio.  Jesus deu então um grande brado e disse: “Pai, nas tuas mãos, entrego o meu espírito”. E, dizendo isso, expirou.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo

MISTÉRIOS GLORIOSOS

1º Mistério: A RESSURREIÇÃO DE JESUS

No primeiro dia da semana, ao romper da aurora, as mulheres foram ao sepulcro […]. Encontraram removida a pedra da porta do sepulcro e, entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus. Estando elas perplexas com o caso, apareceram-lhes dois homens em trajes resplandecentes. Como estivessem amedrontadas e voltassem o rosto para o chão, eles disseram-lhes: «Por que buscais o Vivente entre os mortos? Não está aqui; ressuscitou!

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
2º Mistério: A ASCENSÃO DE JESUS

Jesus elevou-se à vista deles e uma nuvem escondeu-O a seus olhos. E como estavam com os olhos fixos no céu, para onde Jesus se afastava, surgiram de repente dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: “Homens da Galileia, por que estais assim a olhar para o céu? Esse Jesus que vos foi arrebatado para o Céu virá da mesma maneira, como agora O vistes partir para o Céu”

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
3º Mistério: A DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO

No dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos num mesmo lugar. De repente, ressoou, vindo do céu, um som comparável ao de forte rajada de vento, que encheu toda a casa onde eles se encontravam. Viram então aparecer umas línguas, à maneira de fogo, que se iam dividindo, e poisou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar outras línguas, conforme o Espírito lhes inspirava que se exprimissem

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
4º Mistério:  A ASSUNÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

Mas a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados. Porque, assim como por meio de um homem (Adão) veio a morte, assim também por meio de um homem (Cristo) veio a ressurreição. Assim como, por estarem unidos com Adão, todos morrem, assim também, por estarem unidos com Cristo, todos ressuscitarão. Porém cada um será ressuscitado na sua vez: Cristo, o primeiro de todos; depois os que são de Cristo, quando Ele vier”

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
5º Mistério: A COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA

Abriu-se o templo de Deus no céu e apareceu, no seu templo, a arca do seu testamento. Houve relâmpagos, vozes, trovões, terremotos e uma forte chuva de granizo. Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo
        
6º Mistério: PATROCÍNIO DE NOSSA SENHORA SOBRE A ORDEM DO CARMO
Jesus ainda falava à multidão quando sua Mãe e seus irmãos chegaram do lado de fora, querendo falar com ele. Alguém lhe disse: "Tua Mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar contigo". "Quem é minha Mãe, e quem são meus irmãos?", perguntou ele. E, estendendo a mão para os discípulos, disse: "Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe.

1PN – 10 AM e 1 GP

D. Santa Mãe de Deus, Glória do Monte Carmelo,
T – Adornai com as vossas virtudes, a família a vós consagrada e defendei-a de todo perigo.

15 de outubro


Santa Teresa de Jesus
Virgem de Nossa Ordem e Doutora da Igreja
Patrona da Ordem Terceira do Carmo


Nasceu em Ávila (Espanha) no ano 1515. Tendo entrado na Ordem das Carmelitas, fez grandes progressos no caminho da perfeição e teve revelações místicas. Ao empreender a reforma da Ordem teve de sofrer muitas tribulações, mas tudo suportou com coragem invencível. A doutrina profunda que escreveu nos seus livros é fruto das suas experiências místicas. Morreu em Alba de Tormes (Salamanca) no ano 1582.


INVITATÓRIO
R. Ao Senhor, Fonte da Sabedoria, vinde adoremos!

LAUDES
Hino
Deixando teus pais, Teresa,
quiseste aos mouros pregar,
trazê-los todos ao Cristo,
ou teu sangue derramar.

Pena porém mais suave
o Esposo a ti reservou:
tombares de amor ferida,
ao dardo que te enviou.

Acende, pois, nossas almas,
na chama do eterno amor:
jamais vejamos do inferno
o fogo devorador.

Louvamos contigo ao Filho,
que ao trino Deus nos conduz;
ele é o Jesus de Teresa,
Tu, Teresa de Jesus!

Ant 1. A minha alma tem sede de vós e por vós suspira, ó meu Deus.

Salmos e cântico do domingo da I Semana

Ant 2. Todas as criaturas vos agradeçam, Senhor, e os vossos santos com louvores vos bendigam.

Ant. 3. As vossas misericórdias, Senhor, eternamente cantarei na assembleia dos vossos santos.

Leitura Breve - 2Cor 4,5-7
Não nos pregamos a nós mesmos, pregamos a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós, apresentamo-nos a vós como vossos servos por causa de Jesus. Pois o Deus que disse: "Das trevas brilhe a luz!", foi ele quem reluziu em nossos corações, para que brilhe em todo o seu esplendor o conhecimento da sua glória, que se reflete no rosto de Cristo. Ora trazemos este tesouro em vasos de argila, para que reconheçam todos que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós.

Responsório breve
R. Falou-me o coração * é a vossa face que eu procuro, Senhor.
R. Falou-me o coração.
V. Senhor, a vossa face eu procuro. * É a vossa face.
Glória ao Pai. R. Falou-me o coração.

Cântico evangélico
Ant. Quem me ama será amado por meu Pai. Eu o amarei e a ele me manifestarei.

Preces
Aclamemos com alegria o Senhor da Glória, a Coroa de todos os Santos, que nos concedeu hoje a graça de celebrarmos Santa Teresa; e digamos:

R. Glória a vós, Senhor!

Senhor, fonte de vida e de santidade, que manifestais nos vossos Santos as maravilhas da vossa graça,
- queremos com Santa Teresa cantar eternamente as vossas misericórdias. R.

Vós, que desejais abrasar todo o mundo com o fogo do vosso Amor,
- fazei que sejamos, como Santa Teresa, servidores do vosso Amor entre os nossos irmãos. R.

Vós, que revelais aos vossos Anjos os mistérios do vosso coração,
- associai-nos mais a vós, para que, tendo experimentado melhor o vosso amor em nós, conduzamos os irmãos para vós. R.

Vós, que proclamastes bem-aventurados os puros de coração e prometestes que haveriam de ver-vos,
- purificai o nosso olhar, para que vos descubramos em todas as criaturas e nos elevemos sempre para vós. R.

Vós, que resistis aos soberbos e dais inteligência aos simples,
- fazei que sejamos humildes de coração, para adquirirmos em benefício de toda a Igreja a sabedoria, que nos enriquece. R.

(intenções livres)
Pai nosso...

Oração
Ó Deus, que pelo Espírito Santo fizestes surgir Santa Teresa para recordar à Igreja o caminho da perfeição, dai-nos encontrar sempre alimento em sua doutrina celeste e sentir em nós o desejo da verdadeira santidade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

VÉSPERAS
Hino
Este é o dia em que Teresa,
qual pomba de branca alvura,
à terra tão pouco presa,
o templo do céu procura.

As falas do Espírito escuta:
Amada, vem do Carmelo!
Esquece, irmã, tua gruta,
que o meu amor é mais belo.

Cantemos o Esposo amado,
que vem desposar Teresa
com seu anel de noivado
e a lâmpada sempre acesa.

Ant.1. O Senhor mostrou-me a Cidade Santa, resplandecente da Glória de Deus, e brilhava como pedra preciosíssima.

Salmos e Cântico do Comum das Virgens ou dos Doutores da Igreja.

Ant.2. Esta é a morada de Deus entre os homens: no meio deles vai habitar o Senhor.

Ant.3. Procuro completar na minha própria carne o que falta das tribulações de Cristo, em solidariedade com o seu Corpo, isto é, a Igreja.

Leitura breve – Jd 20-21
Vós, porém, caríssimos, edificai-vos mutuamente sobre o fundamento da vossa santíssima fé; rezai no Espírito Santo, de modo que vos mantenhais no amor de Deus, aguardando a misericórdia de Nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna.

Responsório breve
R. Vós sois * o templo do Deus Vivo. R. Vós sois.
V. E o Espírito de Deus habita em vós. * O templo.
Glória ao Pai. R. Vós sois.

Cântico Evangélico
Ant. Não se perturbe o vosso coração: na casa de meu Pai existem muitas moradas e eu vou preparar um lugar para vós.

Preces
Glorifiquemos a Cristo, que amou a sua Igreja e se entregou por ela para santificá-la; e pedindo-lhe que a conserve sempre santa e imaculada em todos os seus membros, digamos com muita confiança:

R. Protegei, Senhor, a vossa Igreja!

Vós, que sois a Cabeça da Igreja, que alimentais e protegeis.
- fazei que todos os fiéis permaneçam sempre unidos convosco pela fé e pela caridade. R.

Vós, que edificastes a Igreja sobre o fundamento dos Apóstolos e, por meio deles, nos ensinais a verdade e nos conduzis à vossa mesa,
- iluminai e dirigi aqueles que colocastes à sua frente. R.

Vós, que amastes e escolhestes alguns membros do vosso povo, para que anunciassem a vossa palavra aos irmãos,
- enviai trabalhadores para a vossa messe. R.

Vós, que não cessais de chamar discípulos que, para edificação da Igreja, vos seguem mais de perto na castidade, pobreza e obediência,
- fazei que todos os religiosos, tendo a Virgem Maria por Mãe e Mestra, vos sigam e sirvam fielmente. R.

Vós, que suscitastes na Igreja a família do Carmelo,
- concedei aos Carmelitas a graça da fidelidade ao espírito de oração e de zelo apostólico, a exemplo de Santa Teresa. R.

(intenções livres)

Vós, que morrestes para nos justificar e ressuscitastes para nos livrar da morte eterna,
- concedei aos nossos irmãos e irmãs falecidos a alegria da Páscoa eterna na comunhão com Maria e todos os vossos Santos. R.

Pai Nosso ...

Oração
Ó Deus, que pelo Espírito Santo fizestes surgir Santa Teresa para recordar à Igreja o caminho da perfeição, dai-nos encontrar sempre alimento em sua doutrina celeste e sentir em nós o desejo da verdadeira santidade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.